Mostrando postagens com marcador considerações sobre a massagem. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador considerações sobre a massagem. Mostrar todas as postagens

24 de jun de 2012

Massagem e Retenção de Líquidos




            A massagem profunda (Neurocirculatória) e a Drenagem Linfática trabalham, na sua essência, a troca de líquidos entre as células, os espaços intersticiais e os vasos linfáticos e sanguíneos. A massagem otimiza a troca de líquidos. Isso se dá pela pressão sobre os tecidos que os esvazia e a seguida descompressão que possibilita novamente seu preenchimento. Alem desse mecanismo básico a renovação que ocorre desestabiliza um delicado equilíbrio homeostático (da igualdade dos líquidos) que desencadeará uma posterior troca e depuração de todo o líquido circulatório do corpo. É nesse aspecto que a massagem pode ajudar na retenção hídrica. Para alguns, a retenção de líquidos tem sua origem numa disfunção do sistema urinário (rins). Quando isso ocorre, insuficiência renal (o rim não faz urina), a massagem está contra-indicada. Contudo, a retenção de líquidos pode ter outra causa, uma disfunção orgânica (hormônios por ex.), e os rins funcionam bem. Nesse caso a massagem poderá ser usada. Consulte seu médico para saber a causa da retenção de líquidos.
            O que torna a massagem eficiente na retenção de líquidos? Quando se recebe massagem (Neurocirculatória profunda ou Drenagem Linfática) a pressão sobre os tecidos obriga o líquido intersticial a sair do tecido, com o resultado do metabolismo da celular, para  tornar-se sangue ou linfa, vai depender por onde sairá. Essa troca de lugares dos líquidos fará com que se altere o equilíbrio da composição do sangue, agora carregado com as toxinas do líquido intersticial. Por outro lado, os rins, se estiverem funcionando bem, perceberão componentes no sangue que deverão ser removidos (o resultado do metabolismo que veio do interstício celular massageado). Para isso terão de fazer urina usando líquidos do corpo. Depois da massagem a pessoa deverá sentir vontade de urinar. Nessa ótica, pode-se dizer que a massagem “suja o sangue”. Os rins, para limpar, têm de fazer urina. É por esse motivo que a massagem, mesmo em pessoas sem problemas, não deve ser muito prolongada, pois vai “sujar” muito o sangue e não deve ser feita naqueles cujos rins não trabalham bem. O tempo apropriado para massagem que troca líquidos fica por volta de 50 minutos. Ë conveniente iniciar e terminar a massagem oferecendo água ao que vai recebê-la.       

DIFEP-1956 POA/RS

Para contratar meus serviços ligue 21 8641-1584
Fonte :abcdamassagem  (sos corpo)  

29 de mai de 2010

Considerações sobre a massagem Relaxante




Sempre fui um incondicional fã das massagens relaxantes. As carícias que uma mãe dá ao seu filho bebê, visando o acalmar da sua agitação e muitas vezes do seu choro, são no fundo uma massagem relaxante.

Estas massagens, ajudam a relaxar os diversos grupos musculares, diminuindo ainda o stress, as dores...

Ao fazer as massagens, o terapeuta/massagista, usa a sua melhor ferramenta de trabalho: As suas próprias mãos.

O contato humano entre as mãos do massagista e o corpo de quem recebe as massagens, funciona como um tônico, aumentando a satisfação e o relaxamento, numa empatia entre ambos.

Uma massagem relaxante, tem uma duração temporal variada. Se o massagista se limitar a uma zona específica do corpo (por exemplo as costas), poderá demorar apenas alguns minutos. No entanto se se optar por uma massagem completa (todo o corpo) esta poderá demorar cerca de uma hora. Nestes casos muitas vezes quem recebe as massagens acaba por adormecer durante a sessão.

No fundo qualquer pessoa pode fazer massagens relaxantes e com raríssimas excepções, qualquer um as pode receber. No entanto, é de vital importância que quem fizer as massagens relaxantes seja um “profissional” com conhecimentos. Uma má massagem relaxante pode causar lesões musculares, musculo-tendinosas e sobretudo o desconforto no massageado.

A massagem relaxante, muitas vezes chamada de massagem Sueca é uma massagem muito em moda na Europa. No seu cerne estão técnicas quem têm por base os conhecimentos da anatmo-fisiologia e até conceitos básicos de psicologia.

Por norma a massagem deve ser executada com movimentos largos, sempre no sentido da circulação de retorno, providenciando assim a melhoria da oxigenação sanguínea.

Muitas vezes a própria música (de preferência calma) está associada às massagens relaxantes.
Quando associo a música à massagem, costumo dizer a quem a mim recorre que é uma espécie de duas terapias em uma: Massagem e musicoterapia.

Com a massagem relaxante, surgem vários benefícios, entre outros:
a) Melhoria da circulação sanguínea;
b) Aumento da flexibilidade ao nível muscular;
c) Redução álgica em zonas musculo-tendinosas bem como nas lesões;
d) Relaxamento muscular;
e) Diminuição do stress, do cansaço e da fadiga mental.

Podem ser usados óleos perfumados,  ,  óleo de amêndoas , ou óleo neutro ,  o sabonete de glicerina,  pois estes permitem um melhor deslizamento das mãos do massagista no corpo da pessoa massageada. E também existem as massagens relaxantes mais exóticas , com chocolate líquido  , com mel etc.

Na maioria das vezes, os pacientes, sentem-se rejuvenescidos e prontos para enfrentar com uma energia renovada, as dificuldades do dia-a-dia.
Para quem recebe é excelente. Para quem as faz é muito gratificante. Quantas vezes ao primeiro contato o corpo do massageado mais parece feito de madeira ou pedra, tal é a rigidez muscular e no final da sessão, mais parece que o corpo é o mais suave e fofo de todos. Quem já experimentou… voltou.

Texto: João Carlos
Edição e revisão : massoterapeuta rj


Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Seguir por e-mail

visitas

Eventos Realizados